Buscar
  • Cinema Comentado Cineclube

‘A memória que me contam’ é cartaz no sábado (12)

No próximo sábado (12) o Cinema Comentado Cineclube exibe A MEMÓRIA QUE ME CONTAM. Dirigido pela carioca e ex-integrante da luta armada contra a ditadura militar no Brasil, Lúcia Murat, o filme é inspirado em Vera Sílvia Magalhães, ex-guerrilheira e uma das responsáveis pelo sequestro do embaixador norte-americano Charles Burke Elbrick no Rio de Janeiro, em 1969.

Na trama, a ex-guerrilhera Ana (Simone Spoladore), ícone do movimento de esquerda, é o último elo entre um grupo de amigos que resistiu à ditadura militar no Brasil. Com a iminente morte da amiga, eles se reencontram na sala de espera de um hospital. Entre eles está Irene (Irene Ravache), uma diretora de cinema que sente-se perdida diante da iminente morte da amiga e que precisa ainda lidar com a inesperada prisão de Paolo (Franco Nero), seu marido, acusado de ter matado duas pessoas em um atentado terrorista ocorrido décadas atrás na Itália.

Para Alysson Oliveira, do portal CineWeb, em A MEMÓRIA QUE ME CONTAM “Lúcia faz um retrato daqueles que no passado lutaram contra a ditadura e, atualmente, pertencem a uma classe média conformada em viver sem ilusões”. Murat passou a trabalhar com Cinema na década de 1980, e também dirigiu outros longas inspirados na ditadura militar, como “Que bom te ver viva” (1989) e “Quase dois irmãos” (2004).

As sessões do Cinema Comentado Cineclube são realizadas na sala de audiovisual do Centro Cultural Hermes de Paula, a partir das 19h. A entrada é franca e, após as exibições, acontece um breve bate-papo entre os participantes.

#amemóriaquemecontam #ditaduramilitarnobrasil #cinemacomentadocineclube #LuciaMurat #MontesClaros

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo