Buscar
  • Cinema Comentado Cineclube

Mostra "o cinema e a política"


Nos próximos sábados o Cinema Comentado Cineclube promove bate-papos temáticos na mostra “O cinema e a política”. Confira a programação e participe dos encontros, que são sempre às 17h30, no canal do Cineclube no YouTube.




Dia: 13/08

“Os fuzis” (ficção)/1963 – 84 minutos.

Direção: Ruy Guerra

Retirantes nordestinos famintos assistem a chegada de uma pequena tropa policial, chamada para proteger os armazéns de um comerciante. Fome, miséria, violência e messianismo numa mistura de ficção com realidade. O filme ganhou o Urso de Prata em Berlim. Disponível: Itaú Cultural.


“Pinto vem aí” (doc)/1977 – 25 minutos.

Direção: Olney São Paulo

Depois de um discurso contra o ditador chileno Augusto Pinochet, o deputado federal Chico Pinto (MDB) é preso e em seguida tem o mandado cassado em 1974. O filme registra os preparativos para a sua chegada à sua terra natal, Feira de Santana (BA).

Disponível: Itaú Cultural.


Dia: 20/08

“Lúcio Flávio, o passageiro da agonia” (baseado em fatos reais)/ 1977 – 125 minutos.

Direção: Héctor Babenco

Suspense policial baseado no livro-reportagem do jornalista José Louzeiro, sobre o assaltante de bancos Lúcio Flávio Vilar Lírio, e seu envolvimento com o Esquadrão da Morte durante os anos de 1970. Vindo da classe média alta carioca, Lúcio Flávio foi o primeiro a organizar quadrilhas armadas para roubar bancos. Disponível: Itaú Cultural.


Dia: 27/08

“O homem da capa preta” (baseado em fatos reais) /1986 – 120 minutos.

Direção: Sérgio Rezende

Deputado e pistoleiro na Baixada Fluminense (RJ), Tenório Cavalcante virou símbolo da violência política no país. Populista de direita, ficou conhecido por usar uma metralhadora, a quem chamava de Lurdinha, e uma capa preta em suas aparições públicas, durante a década de 1950. Disponível: https://youtu.be/gOy2zOcWwvY


Dia: 03/09

“Doces poderes” (ficção)/1995 – 100 minutos.

Direção: Lúcia Murat

Uma jornalista assume em Brasília (DF) a sucursal de uma emissora de tv, quando o antigo editor se afasta para coordenar uma campanha eleitoral. Ética, ideologia, desilusão e marketing político se cruzam na então jovem democracia brasileira. Disponível: Itaú Cultural.


“Maranhão 66” (doc)/1966 – 11 minutos.

Direção: Glauber Rocha e Fernando Duarte

O doc retrata a posse do então governador do Maranhão, José Sarney, dois anos depois do golpe civil-militar de 1964. Discurso, promessas e realidades se misturam. Disponível: Itaú Cultural.


Dia 10/09

“A verdade da mentira” (doc)/2020 – 45 minutos.

Direção: Maria Carolina Telles.

Construído com o formato de uma reportagem, a jornalista Petria Chaves investiga como funcionam os esquemas de produção de informações falsas nas redes sociais, e as mudanças das relações das pessoas com os fatos. Disponível: Prime Vídeo.


“Theodorico, o imperador do sertão” (doc)/1978 – 50 minutos.

Direção: Eduardo Coutinho

Latifundiário e político no Rio Grande do Norte, o major Theodorico Bezerra explora seus trabalhadores de várias formas. O trabalho documental de Eduardo Coutinho é considerado um clássico por escancarar as relações de trabalho no Brasil nordestino e rural da década de 1970. Disponível: https://youtu.be/e9O0jn84Asw

19 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo