Buscar
  • Cinema Comentado Cineclube

Oscar 2021 revelou os seus vencedores numa cerimônia que tentou se reinventar e adaptar-se aos tempo

Atualizado: 7 de jul. de 2021


No domingo, dia 25/04, a Academia de Artes e Ciências de Hollywood apresentou, em parceria com a rede de TV ABC, a 93ª edição do Oscar – a cerimônia que revela os melhores filmes do ano anterior de acordo com os votos dos membros da associação: cineastas, atores, atrizes, roteiristas, etc.


A pandemia do coronavírus afetou drasticamente a rotina das produções cinematográficas e as salas de cinema ficaram fechadas por um bom tempo (em muitos países e cidades, ainda não foram reabertas) obrigando os estúdios a investir nos streamings e nos serviços on demand. O que mudou a rotina e os critérios para a festa da sétima arte.


O Oscar 2021 foi atrasado por dois meses e teve como sede a Union Station, em Los Angeles. A cerimônia foi dirigida pelo cineasta Steven Soderbergh – que ganhou o prêmio de melhor direção por Traffic (2000) – buscando renovar o espetáculo e atrair o público para um evento marcante na história do cinema.


Infelizmente, a audiência, nos EUA, despencou e apenas 9,85 milhões de espectadores assistiram ao espetáculo, uma queda de 58,3%. Já no Brasil, a Globo apresentou crescimento de público atingindo 9,3 pontos no Ibope diante de 5,9 pontos obtidos em 2020: um aumento de aproximadamente 57%. Em 2022, mudanças e ajustes devem ser efetivados para recuperar o brilho (e o público) da premiação nos Estados Unidos.


Confira os principais ganhadores:

Melhor filme: Nomadland.

Melhor direção: Chloé Zhao, por Nomadland.

Melhor ator: Anthony Hopkins, por Meu Pai.

Melhor atriz: Frances McDormand, por Nomadland.

Melhor ator coadjuvante: Daniel Kaluuya, por Judas e o Messias Negro.

Melhor atriz coadjuvante: Yuh-jung Youn, por Minari.

Melhor roteiro original: Emerald Fennell, por Bela Vingança.

Melhor roteiro adaptado: Christopher Hampton & Florian Zeller, por Meu Pai.

Melhor filme internacional: Druk – Mais uma Rodada.

Melhor animação: Soul.

Melhor documentário: Professor Polvo.

#cinema #cinemacomentadocineclube #elpidiorodriguesdarochaneto #oscar

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo